Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense reintegra mais um funcionário do Bradesco

Nesta segunda-feira, 3 de outubro, o Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES), reintegrou mais um funcionário do Banco Bradesco.

Tadeu do Nascimento foi reintegrado na agência 7043, no Centro de Nova Iguaçu, acompanhado dos diretores do Sindicato, Pedro Batista e Renata Soeiro.

Além da demissão ter ocorrido em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso de não demissão que os grandes bancos assumiram, o bancário estava acometido com doença ocupacional.

“Quando os bancários confiam no Sindicato, o resultado aparece. Essa é mais uma vitória dos trabalhadores da Baixada Fluminense.”, comentou Renata Soeiro.

Fonte: SEEB Baixada Fluminense (RJ)

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo e Região reintegra funcionária do Bradesco

Na última sexta-feira, 23 de setembro, o Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo e Região, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES), reintegrou um funcionária do Banco Bradesco.

A reintegração ocorreu na agência 2813, no bairro de Olaria, em Nova Friburgo, e foi acompanhada pelos diretores José Eduardo Marchetti, Mariza Teixeira, Luiz Gabriel Velloso e Max Bezerra.

A bancária foi demitida em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso de não demissão que os grandes bancos assumiram.

Após a decisão favorável, a funcionária teve o contrato de trabalho imediatamente reestabelecido, garantindo todos os seus direitos contratuais e normativos, como a manutenção do plano de saúde.

Fonte: SEEB Nova Friburgo e Região (RJ)

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Funcionária do Bradesco é reintegrada pelo Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense

Mais uma funcionária do Banco Bradesco foi reintegrada pelo Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES).

A reintegração ocorreu nesta terça-feira, 27 de setembro, na agência 0406, no Centro de Nova Iguaçu.

A bancária Sandra Regina Souza da Silva, no momento de sua demissão, estava acometida com doença ocupacional. Após perícia judicial, foi comprovado o nexo causal entre o trabalho e a doença.

Além disso, sua demissão ocorreu em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso de não demissão que os grandes bancos assumiram.

Renata Soeiro e Pedro Batista, diretores do Sindicato, acompanharam a reintegração.

Fonte: SEEB Baixada Fluminense (RJ)

Categorias
Notícias da Federação Notícias dos Sindicatos

Acordo que garante direitos é assinado com o Santander

Nesta terça-feira, 27 de setembro, representantes dos trabalhadores e do Santander assinaram, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos empregados do banco – aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária. O acordo tem vigência até 31 de agosto de 2024.

Também foram assinados o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e o Termo de Relações Laborais.

Cláudio Merçon (Cacau), diretor do Sindicato dos Bancários do Espírito Santo, representou a Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES) na Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander.

“Esse acordo deve ser valorizado, pois vários direitos foram garantidos. Conseguir avanços num acordo específico de banco privado, numa conjuntura tão adversa, é uma vitória do movimento sindical, sem dúvidas”, avaliou Cacau.

Principais conquistas do acordo

  • Extensão do período de amamentação de nove para 12 meses, podendo ser usufruído pelo pai ou pela mãe;
  • Manutenção do pagamento de PLR e Programa Próprio sem compensação de um pelo outro, como pretendia o banco;
  • Inclusão de uma cláusula de repúdio à violência contra a mulher, onde o banco se compromete em apoiar as bancárias vítimas de violência;
  • Termo de relações laborais para prevenir e coibir o assédio moral e sexual;
  • Reajuste do valor das bolsas de graduação e pós-graduação pelo INPC em 2023 e 2024;
  • Validade do acordo: 1º de setembro de 2022 a 31 de agosto de 2024;
  • PPRS reajustado em 2022 em 8%, que será pago em fevereiro de 2023 em parcela única no valor de R$ 3.355,73;
  • Para 2024, será pago o valor reajustado pelo INPC do período, mais 0,5%;
  • Estão mantidas as faixas de renda do PPRS.

*Com informações da Contraf-CUT

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Em ação coletiva, Sindicato dos Bancários de Itaperuna e Região conquista importante vitória para trabalhadores do Santander

O Sindicato dos Bancários de Itaperuna e Região, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES), conquistou uma importante vitória na justiça, garantindo um pagamento de mais de R$ 200 mil, que beneficiará bancárias e bancários do Banco Santander.

O Sindicato entrou com uma ação coletiva em 2016, onde pleiteava o pagamento do intervalo de intrajornada, visando garantir o direito dos trabalhadores.

A medida foi necessária em razão do banco não realizar o pagamento referente a intrajornada, resultado favorável do processo retroage em cinco anos.

“O Sindicato é um importante instrumento de luta dos trabalhadores, principalmente, em relação aos direitos. E foi assim que ganhamos mais uma importante ação judicial, que devolveu mais de 200 mil reais aos bancários e bancárias. O Sindicato sempre será o principal mecanismo de enfrentamento das injustiças cometidas pelo governo e pelos banqueiros, que insistem em retirar direitos dos bancários e bancárias. Só a luta nos garante, por isso a importância de ser filiado às entidades sindicais”, afirma o Presidente do Sindicato dos Bancários de Três Rios e Região, Hudson Bretas.

“Nós, como Sindicato, temos como princípios a luta constante pela garantia dos direitos trabalhistas dos bancários e bancárias. Daí a importância de ter um sindicato forte, combativo, que sempre marche ao lado dos trabalhadores. Em tempos incertos, como os atuais, precisamos cada vez mais de trabalhadores filiados ao sindicato, de forma a legitimá-lo como instrumento de defesa de nossos direitos históricos e duramente conquistados”, comentou Antônio Moreira, Secretário Geral do Sindicato.

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense reintegra mais um funcionário do Bradesco

Nesta segunda-feira, 19 de setembro, mais um funcionário do Banco Bradesco foi reintegrado pelo Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES).

Anderson Fernandes Cendon, quando foi demitido, estava acometido com doença ocupacional. Além disso, sua demissão ocorreu em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso de não demissão que os grandes bancos assumiram.

A reintegração foi realizada na Agência Lote XV, em Belford Roxo, e foi acompanhada pelos diretores Martins, Roberto Domingos, Cláudio Leite e Ricardo Sá.

Fonte: SEEB Baixada Fluminense (RJ)

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários de Três Rios arrecada fraldas para asilo

Na última festa do Dia dos Bancários e Bancárias de 2022, realizada dia 27 de agosto pelo Sindicato dos Bancários de Três Rios e Região, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES), foi arrecadada uma boa quantidade de fraldas geriátricas, que foram doadas ao Asilo São Jorge.

As doações foram feitas pelos bancários e bancários das regiões de atuação da entidade sindical, que são: Três Rios, Paraíba do Sul, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Sapucaia, Areal e Comendador Levy Gasparian.

O Sindicato lembra que, em todos os eventos promovidos pelo Sindicato, há o recolhimento de fraldas.

Nilton Damião Esperança, Presidente do Sindicato dos Bancários de Três Rios e Região, agradeceu a participação da categoria: “Em meu nome e de toda a diretoria, queria agradecer todas e todos que puderam participar desta ação, doando fraldas aos mais necessitados. Em novembro, dia 18, em Miguel Pereira, e dia 25, em Três Rios, teremos confraternizações. Podem continuar doando, porque a necessidade é constante. O jovem de hoje, será o idoso de amanhã. Que Deus abençoe todos nós”.

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários de Macaé e Região faz ato pelo Dia de Luta contra as demissões no Itaú

O Sindicato dos Bancários de Macaé e Região, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES), inconformado com as demissões ocorridas essa semana, fez um ato nesta quinta-feira, 8 de setembro, pelo Dia de Luta contra as demissões no Itaú.

Os dirigentes sindicais visitaram agências com panfletagem e diálogo com bancários e clientes, na luta contra essas demissões.

O Itaú fecha o primeiro semestre deste ano com lucro acumulado de R$ 14,179 bilhões, alta de 9,2% em comparação com o mesmo período de 2021, graças aos esforços e dedicação de seus funcionários, e retribui isso com o desemprego.

Hoje no país, temos uma taxa de 9,3% no desemprego.

Os bancos vêm ano a ano cada vez mais reduzindo seu quadro de funcionários, e quem paga por isso é a população, que precisa enfrentar grandes filas para serem atendido.

Além disso, os bancos estão empurrando seus clientes para os atendimentos eletrônicos, chegando a proibir a entrada na agência, que deveria estar aberta prestando o atendimento físico aos clientes que assim preferirem, e inclusive o cliente paga suas taxas e mensalidades para o atendimento presencial, e mesmo pagando, os bancos se recusam a atender, direcionando aos caixas eletrônicos, internet e aplicativos de celular.

Para o presidente do SEEB Macaé, Paulo Alves Junior, são demissões injustas e imotivadas, realizadas nesse momento de grave crise econômica que o país atravessa. O banco em suas campanhas promocionais faz questão de exaltar sua preocupação com o Social, mas a realidade dos funcionários nas agências é bem diferente.

O Sindicato dos Bancários de Macaé e Região se solidariza com os bancários demitidos e vamos junto buscar todos os seus direitos.

Fonte: SEEB Macaé e Região (RJ)

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários de Três Rios e Região reintegra funcionária do Bradesco

O Sindicato dos Bancários de Três Rios e Região, filiado à Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf-RJ/ES), através de seu Departamento Jurídico, assistido pelo escritório Baptista e Reis Advogados, reintegrou mais uma funcionária do Banco Bradesco.

Jessica Aparecida Lisboa foi demitida em plena pandemia do novo coronavírus, contrariando o compromisso que os grandes bancos assumiram de não demitir durante a crise sanitária.

A decisão foi do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região que, além de declarar nula a dispensa da funcionária, condenou o banco ao pagamento de sua remuneração integral, desde a data de sua dispensa até a data da sua reintegração, com férias acrescidas de 1/3, 13o salário, FGTS do período, auxílio cesta alimentação, auxílio-refeição, PLR, parcelas vencidas e vincendas e restabelecimento do plano de saúde e de seus dependentes.

IMPORTANTE

É fundamental que bancárias e bancários, logo que sejam informados de suas demissões, procurem imediatamente atendimento no Sindicato.

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Em Macaé e Região, funcionários do Banco do Brasil aprovam novo acordo coletivo

Com 90% dos votos, os funcionários do Banco do Brasil aprovaram, em assembleia realizada de forma presencial no dia 02/09, o novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). O documento segue, agora, para a fase de assinatura, prevista para esta sexta-feira (2).

“Foram dez rodadas de discussões intensas, onde sofremos várias tentativas do banco de reduzir direitos, a principal delas, foi a tentativa de reduzir os ciclos de avaliação da Gestão de Desenvolvimento por Competências (GDP). Esse resultado para nós é um reconhecimento da base, formada por trabalhadoras e trabalhadores de todo o país, desse esforço para consolidar os direitos já conquistados”, avaliou o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukuaga.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Macaé, Paulo Alves, ressalta a relevante participação dos bancários e bancárias de toda a base durante as negociações e também destaca o papel importante dos nossos representantes na mesa de negociações, Nilton Damião Esperança, presidente da Fetraf RJ/ES e Carlos Pereira de Araújo, (Carlão), diretor do Sindibancários (ES) ainda ressalta a importância da mesa única, a vontade dos bancários(as) sendo expressada nas assembleias e por fim o respeito a consulta nacional dos bancários onde a categoria expressou a importância de nenhuma retirada de Direitos.

O Banco do Brasil se comprometeu a pagar a PLR já na segunda, dia 05 se o acordo for assinado hoje, 02/09.

Além de manter direitos, o novo ACT também obteve avanços à categoria, sendo o principal delas a revisão da tabela PIP, da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), que impactará em mais recursos à aposentadoria dos trabalhadores do BB. Clique aqui para ver as demais conquistas do novo ACT específico do BB.

Funcionários do Banco do Brasil aprovam novo acordo coletivo

Funcionários do Banco do Brasil aprovam novo acordo coletivo