Categorias
Notícias dos Sindicatos

Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo e Região reintegra funcionário do Itaú

O Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo e Região, que faz parte da base de Sindicatos da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, reintegrou um bancário do Banco Itaú.

O banco havia dispensado o funcionário que se encontrava inapto para o desempenho de suas funções estando, inclusive, fazendo gozo do benefício acidentário (B91) e com cirurgia marcada.

O bancário, ao ser informado da demissão, buscou atendimento no Sindicato. Após recorrer à justiça, a 2ª Vara do Trabalho de Nova Friburgo, proferiu sentença favorável ao funcionário, que foi reintegrado aos quadros da empresa, com as mesmas condições anteriores à sua demissão, bem como os direitos e benefícios referentes ao seu contrato de trabalho.

Na ação processual, foi comprovado que o empregado, no momento de sua dispensa, estava com a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) emitida pelo Sindicato. E que, no curso do seu aviso prévio, ocorreu a emissão do atestado médico, apontando a necessidade de seu afastamento por 15 dias, a realização de procedimento cirúrgico para o tratamento da enfermidade e a concessão do benefício de auxílio doença acidentário pelo INSS.

Segundo o Juiz, como foi comprovada a inaptidão do bancário para o exercício de suas funções, há ilegalidade na sua demissão e com “o contrato de trabalho celebrado entre as partes suspenso, sua dispensa está anulada”.

Assim, o Itaú Unibanco foi intimado a readmitir o funcionário.

Fonte: SEEB/Nova Friburgo

Categorias
Notícias da Federação Notícias dos Sindicatos

Segunda-feira, dia 14/12, ocorre a terceira atividade do Ciclo de Palestras com o sociólogo Clemente Ganz

A terceira atividade do Ciclo de Palestras, oferecido pela Secretaria de Formação da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, será realizada, virtualmente, na segunda-feira, dia 14 de dezembro, às 19 horas.

A palestra, ministrada pelo sociólogo, consultor, palestrante, assessor das centrais sindicais, Clemente Ganz Lúcio, terá como tema as “Transformações no Sistema Produtivo e os Impactos para o Mundo do Trabalho”.

A atividade é aberta para todos os diretores e diretoras dos Sindicatos dos Bancários de base da Fetraf RJ/ES.

Para participar, basta acessar o link identificação da reunião:: meet.google.com/oty-noav-qhz

PARTICIPEM!

“Formação é a ferramenta básica do trabalhador. Com ela, aprendemos a falar, escutar, aprender, entender, ensinar e ressignificar nossos conceitos e visão do mundo.”

Secretaria de Formação da Fetraf RJ/ES

Categorias
Notícias da Federação Notícias dos Sindicatos

Segunda atividade do Ciclo de Palestras com Clemente Ganz ocorre na quarta-feira, dia 9/12

Na quarta-feira (dia 9 de dezembro), às 19 horas, ocorre a segunda atividade do Ciclo de Palestras, ministrada pelo sociólogo, consultor, palestrante, assessor das centrais sindicais, Clemente Ganz Lúcio,  oferecida pela Secretaria de Formação da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

O tema será: “A quarta revolução industrial e as mudanças patrimoniais das empresas. Para onde caminha o sistema produtivo”.

A atividade é aberta para todos os diretores e diretoras dos Sindicatos dos Bancários de base da Fetraf RJ/ES.

Para participar, basta acessar o link identificação da reunião: meet.google.com/kqy-hutm-fmf

“Formação é a ferramenta básica do trabalhador. Com ela, aprendemos a falar, escutar, aprender, entender, ensinar e ressignificar nossos conceitos e visão do mundo.”

Oferecimento: Secretaria de Formação da Fetraf RJ/ES

Categorias
Notícias da Federação Notícias dos Sindicatos

Ciclo de palestras “Transformações no Mundo do Trabalho e Desafios Sindicais” começa dia 30/11, segunda-feira

A Secretaria de Formação da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, dará início ao seu ciclo de palestras no dia 30/11/2020 (segunda-feira), às 19h, com o tema: “Transformações no Mundo do Trabalho e Desafios Sindicais”.

A palestra será ministrada pelo sociólogo Clemente Ganz Lúcio (sociólogo, consultor, palestrante, assessor das centrais sindicais) e será aberta para todos os Sindicatos dos Bancários de base da Fetraf RJ/ES.

Para participar, basta acessar o link identificação da reunião: meet.google.com/cty-atyr-gik

“Formação é a ferramenta básica do trabalhador. Com ela, aprendemos a falar, escutar, aprender, entender, ensinar e ressignificar nossos conceitos e visão do mundo.”

Oferecimento: Secretaria de Formação da Fetraf RJ/ES

 

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Nota de Falecimento

A Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo informa, com profundo pesar, o falecimento de Valter Carneiro dos Santos Ribeiro, ocorrido nesta terça-feira, 3 de novembro.

Valter era diretor do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Teresópolis, Rio de Janeiro, e funcionário do Banco Itaú. Era muito querido no meio sindical.

Um companheiro que fará uma enorme falta.

Nossa solidariedade à família e todos os amigos e amigas.

Valter, presente!

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Após solicitação da CEE/Caixa, banco irá rever aumento de metas do Conquiste

Nesta última quinta-feira (29), uma informação que circulou nas agências da Caixa, pegaram os empregados de surpresa: um aumento de 200% da meta na maior parte dos produtos e indicadores no Conquiste, o sistema de mensuração e acompanhamento de resultados do banco.

A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) entrou em contato com a vice-presidência Rede de Varejo (Vired) e solicitou o reprocessamento das metas para os valores anteriores. A ação será feira pela Controladoria do banco no Conquiste e o assunto será debatido com a Rede.

Desde o início da pandemia, a cobrança de metas na Caixa é discutida, já que uma parte dos trabalhadores estão em home-office e outros, exclusivamente, no pagamento ao auxílio e FGTS emergencial. Ainda assim, metas seguiram sendo cobradas, mesmo a diretoria do banco indicando que isso não seria feito.

Inclusive, na Campanha Salarial de 2020, a CEE/Caixa reforçou a reivindicação à direção da Caixa para deixar de cobrar as metas enquanto perdurar a pandemia.

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Reunião do Coletivo Nacional de Comunicação será nesta segunda (19)

A Secretaria de Comunicação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro – CONTRAF/CUT, está convocando os secretários de imprensa e profissionais de comunicação dos sindicatos a participarem da reunião do Coletivo Nacional de Comunicação nesta segunda-feira, dia 19 de outubro de 2020, às 16h.

A pauta do encontro, que será realizado por videoconferência, será a campanha contra as demissões nos bancos privados.

As entidades que ainda não providenciaram a inscrição de seu representante, devem enviar e-mail para [email protected], com cópia para [email protected] Após o envio, será enviado o link, com o ID e a senha da reunião.

PARTICIPEM!

Categorias
Notícias dos Sindicatos

Hoje, quinta-feira (15), tem tuitaço contra as demissões nos bancos

Hoje, quinta-feira (15), teremos mais um tuitaço contra as demissões nos bancos.

O protesto virtual terá início às 16h e a hashtag usada será a: #QuemLucraNãoDemite

Esta é mais uma ação pelo Dia Nacional de Luta Contra as Demissões nos Bancos. e que faz parte da campanha que está sendo feita por sindicatos de bancários de todo o país.

A campanha é contra as demissões que estão sendo promovidas pelos bancos Bradesco, Itaú, Mercantil e Santander, em desrespeito ao compromisso que estas instituições assumiram entre março e abril de que não promoveriam demissões durante a pandemia.

PARTICIPEM E DIVULGUEM!

#FetrafRJES #DiaNacionalDeLuta #QuemLucraNãoDemite Ver menos

Categorias
Notícias dos Sindicatos

TUITAÇO EM PROTESTO CONTRA DEMISSÕES NO BRADESCO SERÁ NESTA TERÇA-FEIRA (13)

Nesta terça-feira (dia 13), bancárias e bancários de todo o Brasil irão realizar um tuitaço para protestar contra as demissões que o Banco Bradesco vem realizando em plena pandemia.

O tuitaço será realizado a partir das 11 horas e as hashtags a serem utilizadas são: #BradescoNãoDemita #BradescoPenseNoFuturo

Participem! Só a luta nos garante!

Categorias
Notícias dos Sindicatos

CEF: Pedro Guimarães e os jogos mortais

Além de terem de fazer atendimentos relacionados ao calendário de pagamento do auxílio emergencial e do saque emergencial do FGTS, os empregados da rede de agências da Caixa estão sendo cobrados para entregarem mais de 120% das metas de vendas de produtos, alguns deles até com rendimento negativo.

Na terça-feira 6, a direção da Caixa aumentou em R$ 2 milhões a meta de consignado do INSS em algumas agências. “Uma atitude, no mínimo, irresponsável, pois o público alvo dessa linha de crédito é idoso na sua maioria, e não deve acessar as unidades. Além disso, tem dificuldade de utilizar os meios tecnológicos, portanto podemos entender que, ou estão considerando que a pandemia acabou, ou estão estimulando métodos errados de atingir as metas com a ameaça de descomissionamento constante”, aponta Dionísio Reis, diretor executivo do Sindicato.

Isso em uma conjuntura de paralisação da economia que mantém mais de 13 milhões de pessoas sem emprego, e quando muitos empregados considerados do grupo de risco por causa do coronavírus estão em home office.

“É um absurdo a direção da Caixa cobrar dos empregados que cumpram mais de 120% das metas, além de terem de atender a população mais carente, quando muitas agências estão operando com menos de 50% do número de empregados”, protesta Leonardo Quadros, diretor da Apcef/SP

Para piorar, os bancários denunciam que as regras mudam a todo momento, o que os impossibilita de sequer fazerem um planejamento para o cumprimento de metas. Em um exemplo, sem nenhuma explicação, as metas para o crédito consignado foram desmembradas com a separação entre servidores públicos e aposentados.

“Vergonha da área estratégica dessa empresa, que muda a regra do jogo no meio da partida. Nenhuma empresa decente faz isso. Ainda sumiram com um terço do realizado e aumentaram a meta”, desabafa um empregado.

Álbum de figurinhas

A direção da Caixa ainda inventou um “Programa de Reconhecimento Regional” para “destacar os desempenhos extraordinários” na superintendência de rede. De acordo com as regras, cada unidade irá receber um “álbum de excelência” com o objetivo de completar todas as figurinhas até dezembro. A cada mês serão definidos quatro “selos de excelência” que simbolizarão as metas de vendas de produtos a serem batidas.

“É uma chacota da direção da Caixa – no meio da pandemia, com filas dobrando nas agências – inventar de fazer um álbum de figurinhas para serem completadas com metas a serem batidas”, protesta empregada da Caixa.

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e a Apcef/SP vão enviar ofício ao vice-presidente de Rede, Paulo Ângelo, e ao presidente da Caixa, Pedro Guimarães, responsáveis por essa “brincadeira” sem graça, questionando as metas e cobrando a priorização da saúde e da vida dos empregados

“A Caixa diz que a meta é a vida, mas este tipo de gestão mostra que a prioridade não é a vida e muito menos a saúde dos empregados ou da população. É inaceitável que a direção do banco siga cobrando metas abusivas de produtos com rendimentos negativos em meio a uma crise econômica e social causada pela pandemia e que mantém 13 milhões de pessoas sem emprego e renda”, afirma Dionísio Reis.

Fonte: SEEB/SP