Categorias
Notícias da Federação

Eleições da Fundação Itaú-Unibanco começam na quarta (5)

As eleições da Fundação Itaú começam na próxima quarta-feira (5), por voto digital. Até o 13 de maio, os bancários ativos e assistidos poderão escolher os representantes dos participantes ativos, autopatrocinados, optantes pelo BPD e em fase de opção e dos participantes assistidos no Conselho Deliberativo, no Conselho Fiscal e nos Comitês de Planos.

A ampliação da representação dos participantes nos Conselhos e criação dos Comitês de Gestão por grupos de plano é uma conquista dos funcionários do Itaú-Unibanco, depois de muita negociação e muitas lutas. O movimento sindical sempre teve a convicção de que podia melhorar a Fundação Itaú-Unibanco, aumentando a fiscalização, ampliando a representação dos participantes e conquistando melhorias contínuas nos planos.

Poderão votar os bancários ativos e assistidos, que sejam participantes da Fundação Itaú e estejam alocados em um plano. Cada eleitor poderá votar apenas uma vez, independentemente do número de benefícios que receba da Fundação.  Para a votação nos conselhos, o participante vota na chapa. Já para a eleição dos Comitês de Gestão de Planos, o voto é individual.

A votação será virtual, somente pelo site: www.fundacaoitauunibanco.com.br, com o participante utilizando sua senha cadastrada junto à Fundação. A apuração será dia 13 de maio e a divulgação dos eleitos entre os dias 14 e 17 de maio.

Em caso de dúvidas, ligue para os telefones da Fundação: Capitais e regiões metropolitanas 4002-1299; demais localidades 0800 770 2299; deficientes auditivos ou de fala 0800 770 2399.

Categorias
Destaque Notícias da Federação

Fetraf RJ/ES fará Live no Dia do Trabalhador com a presença de Neguinho da Beija-Flor

A Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) fará uma live no sábado, dia 1o de Maio, Dia do Trabalhador, das 12 horas (meio dia) às 15 horas.

A live será transmitida pelo Youtube da Fetraf RJ/ES e terá a presença de Neguinho da Beija-Flor e do sambista Moisés Santiago.

Os temas serão: Democracia, emprego e vacina para todos. Temas que fazem referência à necessidade de vacinação em massa, ao pagamento de auxílio emergencial no valor de R$ 600 e a aposta em uma composição entre diferentes forças políticas pelo Estado de direito e também em uma possível frente para 2022.

Para assistir a live, acesse o link: https://youtu.be/TZ3Gjyk54zI

PARTICIPE: Sua participação é fundamental!

Categorias
Notícias da Federação

Bradesco, Santander e Banco do Brasil iniciam vacinação contra a gripe (H1N1)

O Banco Bradesco, Banco Santander e o Banco do Brasil anunciaram que irão iniciar a vacinação contra a gripe (H1N1) nesta segunda-feira, 19 de abril.

BRADESCO

A vacinação contra a gripe H1N1 para todos os empregados do Bradesco começa nesta segunda-feira (19), de acordo com calendário divulgado na última sexta-feira (16). Até o dia 30 de abril, todos os funcionários poderão se vacinar nas agências ou nas clínicas credenciadas. O banco também irá disponibilizar um Drive Thru na Cidade de Deus, para funcionários e dependentes do plano de saúde, entre os dias 22 de abril e 8 de maio.

SANTANDER

O Banco Santander divulgou o calendário de vacinação na última quinta-feira (15), em reunião com a Comissão de Organização dos Empregados (COE).

Funcionários, estagiários e jovens aprendizes do banco Santander poderão se vacinar contra a gripe (H1N1) a partir de segunda-feira (19). O banco divulgou o calendário de vacinação, nesta quinta-feira (15), em reunião com a Comissão de Organização dos Empregados (COE).

A vacinação será realizada nas unidades de trabalho, conforme calendário enviado pelo banco a todos os funcionários. Aqueles que não puderem comparecer nas datas definidas devem agendar a vacinação na relação de clínicas conveniadas. O banco não reembolsará os custos de vacinação em clínicas não conveniadas.

Em caso de dúvidas ou dificuldades para ser vacinado, o funcionário deve acessar o portal RH e consultar as respostas às perguntas frequentes. Se as dúvidas permanecerem, deve entrar em contato com o RH do banco, ou com seu sindicato.

BANCO DO BRASIL

O Banco do Brasil também anunciou na última sexta-feira (16) que iniciará nesta segunda-feira (19) a campanha de vacinação dos funcionários e seus dependentes contra a gripe (H1N1), com o objetivo de promover a saúde e prevenir o adoecimento.

Como a adesão é voluntária, os funcionários que tiverem interesse em se vacinar devem verificar o cronograma de vacinação para sua localidade. Aqueles que não puderem comparecer na data estipulada poderão ser vacinados em uma clínica credenciada apresentando o crachá do banco. Tanto o cronograma de vacinação, quanto a relação de clínicas credenciadas, assim como informações complementares estão disponíveis no site do Serviço Especializado em Segurança do Trabalho (SESMT) do banco.

Atenção!

Quem receber qualquer dose da vacina contra a Covid-19 deve aguardar 14 dias para ser imunizado contra a gripe e quem contraiu o novo coronavírus deve adiar a vacinação contra a H1N1 até a total recuperação e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas.

Categorias
Destaque Notícias da Federação

Debate promovido pela Fetraf RJ/ES sobre a Caixa será nesta segunda-feira (19)

Na próxima segunda-feira, 19 de abril. às 19 horas, a Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) promove um debate sobre a Caixa Econômica Federal. Serão debatidas pautas como mesa de negociação, protocolos, PLR Social, IPO e descapitalização.

O debate, que acontecerá de forma virtual, terá a participação de Fabiana Uehara Proscholdt (CEE/CAIXA e Diretora Executiva da Contraf-CUT), Jair Pedro Ferreira (Secretário de Formação da Fenae), Lizandre Borges (CEE/Caixa e Representante da Fetraf RJ/ES), Nilton Damião Esperança (Presidente da Fetraf RJ/ES), Max Bezerra (Secretário Geral da Fetraf RJ/ES) e é aberto a todos os bancários e bancárias da base da Federação.

Para participar, acesse: https://meet.google.com/djb-hdcn-yxu

Sua participação é fundamental: PARTICIPE!

Categorias
Notícias da Federação

Fenaban se compromete, em reunião com o Comando Nacional dos Bancários, a formular proposta nacional de segurança

Nesta segunda-feira, 12 de abril, o Comando Nacional dos Bancários se reuniu com representantes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que se comprometeram a apresentar uma proposta de protocolo mínimo de segurança contra a Covid-19. O compromisso foi assumido na reunião que discutiu medidas de proteção da categoria bancária, diante o aumento do números de casos de contágio.

A Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) esteve representada pelo presidente da entidade, Nilton Damião Esperança.

Outro ponto cobrado dos bancos foi a necessidade de uma higienização pelo menos semanal das unidades. Os representantes da Fenaban concordaram que esse procedimento pode ser acrescentado no protocolo mínimo a ser discutido. Também consideram inadmissível que clientes tentem entrar nas agências alegando que precisam de atendimento rápido por estarem contaminados, conforme relato de fato ocorrido em uma agência bancária.

Embora os representantes da Fenaban garantissem que os bancos orientam os gestores a não realizar visitas externas, dirigentes do Comando Nacional lembraram que o mais adequado não é uma orientação, mas a proibição das visitas durante a pandemia. Também foi cobrado que os bancos devem ter um acompanhamento das sequelas de funcionários que retornaram ao trabalho após superarem o adoecimento pela Covid.

No início da pandemia, centenas de bancários de grupos de risco foram afastados de suas atividades presenciais, mas não receberam atividades remotas. Os representantes da Fenaban se comprometeram a discutir o tema.

Categorias
Notícias da Federação

Debate virtual sobre o programa GERA do Itaú tem participação expressiva da categoria bancária

Com participação expressiva de bancárias, bancários e dirigentes sindicais, a Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) realizou nesta quarta-feira (31 de março), um debate sobre o programa de remuneração variável do banco Itaú – GERA, que substitui o Agir. Também foram debatidos assuntos como protocolos relacionados à pandemia do novo coronavírus, OCR, entre outros. O debate contou com participação de representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú: Jair Alves, representando a Contraf-CUT e Alcyon Costa, representando a Fetraf RJ/ES.

Jair Alves falou sobre o programa Gera e do momento crítico que o país atravessa: “Nesse momento de crise sanitária da pandemia, não se deveria discutir metas, tampouco mudanças de estruturas, que o banco vem fazendo. As prioridades no momento são a saúde e a vida trabalhadores.”

Já Alcyon Costa, Coordenador Geral do Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense e representante da Fetraf RJ/ES no COE Itaú, destacou e parabenizou a grande presença da categoria bancária no debate virtual, mostrando que esse é um assunto importante e que gera bastante interesse de bancárias e bancários.

O Secretário Geral da Fetraf RJ/ES, Max Bezerra, lembrou que dia 31/03 é uma data que jamais pode ser esquecida, porque o golpe empresarial-militar de 1964 implantou uma ditadura, que além de diversas atrocidades, também foi responsável por cerceamento de direitos e perseguição a sindicatos.

Encerrando o evento, o Presidente da Federação, Nilton Damião Esperança, disse que a entidade promoverá eventos semelhantes para debater as questões relacionadas aos outros bancos: “É muito importante termos esse feedback e retorno para que possamos, cada vez mais, sermos um canal de informações de debate de ideias e de voz à categoria bancária.”

Categorias
Notícias da Federação

Fetraf RJ/ES promove, quarta (31), debate sobre o programa de remuneração variável do Itaú – GERA

Nesta quarta-feira (31 de março), às 18h30, a Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) promove um debate sobre o GERA, programa de remuneração variável do Banco Itaú, que substitui o Agir.

O debate contará com a participação de representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, Jair Alves, representando a Contraf-CUT e Alcyon da Costa, representando a Fetraf RJ/ES. O Presidente da Federação, Nilton Damião Esperança, e o Secretário Geral, Max Bezerra, também participarão da mesa.

O debate é aberto a todos os bancários e bancárias da base da Fetraf RJ/ES.

Para participar da Plenária, acesse: meet.google.com/ebx-armi-ycz

PARTICIPEM!

Categorias
Destaque Notícias da Federação

Live com Deputado Federal Alessandro Molon será nesta segunda-feira (29/3)

A Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) fará uma live nesta segunda-feira, 29 de março, às 20 horas, com o Deputado Federal Alessandro Molon (PSB).

O debate “Não Vão Privatizar Meu BB” será sobre o Projeto de Lei n. 461/2021, que “Altera a Lei 9.491 de 1997 a fim de incluir o Banco do Brasil no Programa Nacional de Desestatização”, apresentada pelo Deputado Kim Kataguiri (DEM/SP). Veja a íntegra do PL 461/2021: https://bit.ly/31pyH8g

Participarão do debate o presidente da Fetraf RJ/ES, Nilton Damião Esperança, Danilo Funke, membro titular da Fetraf RJ/ES na CEBB (Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil), Goretti Barone, diretora do Sindicato dos Bancários do Espírito Santo e João Fukunaga, coordenador da CEBB e da Contraf-CUT.

A transmissão será pelo YouTube e pelo Facebook da Fetraf RJ/ES, pelos links:

Youtube – https://youtu.be/WFq9-bePyxU

Facebook – https://www.facebook.com/fetrafrjes

Sua participação é fundamental!

Categorias
Destaque Notícias da Federação

Quarta atividade do Ciclo de Palestras com o sociólogo Clemente Ganz ocorre dia 8/4 (quinta-feira)

No dia 8 de abril de 2021, quinta-feira, às 19 horas, será realizada a 4ª atividade do Ciclo de Palestras “Transformações no mundo do trabalho e desafios sindicais”, ministrada pelo sociólogo, consultor, palestrante, assessor das centrais sindicais, Clemente Ganz Lúcio.

A palestra é um oferecimento da Secretaria de Formação da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES)  será realizada virtualmente.

O tema será: Respostas sindicais às mudanças no mundo do trabalho: organização, mobilização, comunicação, formação e representatividade.

A atividade é aberta para todos os diretores e diretoras dos Sindicatos dos Bancários de base da Fetraf RJ/ES.

Para participar, basta acessar o link identificação da reunião: meet.google.com/xha-ovqw-hnr

PARTICIPEM!

“Formação é a ferramenta básica do trabalhador. Com ela, aprendemos a falar, escutar, aprender, entender, ensinar e ressignificar nossos conceitos e visão do mundo.”

Secretaria de Formação da Fetraf RJ/ES

Categorias
Destaque Notícias da Federação

Reunião entre Comando Nacional dos Bancários e Fenaban termina sem avanços na proteção da categoria contra a COVID-19

Nesta quinta-feira, 11 de março, ocorreu mais uma reunião entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Foram debatidas ações para proteger a categoria bancária contra a pandemia do coronavírus, já que a situação requer cuidados com o agravamento da situação. A reunião terminou sem maiores avanços.

Uma boa notícia é que a proposta de inclusão da categoria bancária como prioritária no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19, foi colocada como pauta urgente. A Fenaban também concordou com a reivindicação dos bancários e se comprometeu a se juntar ao movimento sindical nesta luta junto ao poder público. A Contraf-CUT também irá enviar carta ao Ministério da Saúde reivindicando a inclusão da categoria entre os setores profissionais prioritários para a vacinação, após os grupos de risco (profissionais da saúde e idosos)

Em sua fala, o presidente da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES), Nilton Damião Esperança, cobrou soluções sobre os protocolos de segurança e falou sobre denúncias de que os caixas estão sendo colocados para trabalhar no auto-atendimento, onde aglomerações são frequentes e, portanto, um maior risco de contágio para os trabalhadores. “Os bancos têm que desburocratizar os protocolos de segurança. Precisamos de agilidade e facilidade nos momentos que bancárias e bancários mais precisam de equipamentos de segurança. Quanto aos caixas que estão trabalhando no autoatendimento, os bancários podem reivindicar insalubridade, que é o valor pago aos trabalhadores nos casos de atividades que acarretem riscos à saúde. Outra denúncia que eu eu fiz foi em relação aos bancários que estão em Home Office e estão sendo deslocados para trabalhar em Postos de Atendimento Bancário. Alguns gestores e algumas regionais estão deslocando funcionários, inclusive, para unidades de saúde, tornando o risco de contaminação  bem maior. Esperamos que nossas demandas sejam atendidas o quanto antes”, declarou o presidente da Fetraf RJ/ES.

Confira as respostas sobre as reivindicações da reunião anterior: 

Visitas externas – as notícias não foram boas. Sobre a denúncia da pressão para que os bancários façam visitas externas, a Fenaban garantiu que vai orientar a todos os bancos que as reuniões presenciais de gerentes sejam exclusivas de casos emergenciais. Os representantes dos trabalhadores voltaram a cobrar a suspensão total. Os representantes dos bancos ficaram de retornar.

Diminuição dos horários das agências – Os bancos disseram que irão reduzir o horário de atendimento: das 9h às 10h, atendimento exclusivo aos clientes do grupo de riscos, idosos e gestantes. Entre 10h e 15h, no máximo. Atendimento aos demais clientes. Essas limitações de horário não valem para a Caixa, que irá iniciar o pagamento da nova fase do auxílio emergencial.

Teletrabalho – A Fenaban disse que 14 instituições financeiras já efetuaram o retorno dos trabalhadores do sistema presencial para o teletrabalho. Ficou de apurar ainda se outros bancários irão retornar a esta situação.

Pressão das metas –  Outra reivindicação cobrada foi a redução das metas durante a pandemia.

Demissões – O Comando reivindicou que os bancos suspendessem as demissões nesse pior momento da pandemia. Sobre essa questão, ficou acertada uma nova reunião para a tarde da próxima terça-feira (16), às 13h.

Sobre as demais reivindicações, os representantes dos bancos se comprometeram a responder até esta sexta-feira (12).